Pesquisar este blog

Nosso Blog é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox.

Total de visualizações de página

Translate

Follow by Email

Seguidores

domingo, 7 de agosto de 2011

A religião e as práticas de cura na narrativa de uma benzedeira umbandista. Entrevista com dona Maria da Conceição Pereira Amaro

Agora, 10ª. Edição - Dossiê Religiões e Religiosidades no Tempo Presente (Volume 1), lançado em 25 de dezembro de 2010: A religião e as práticas de cura na narrativa de uma benzedeira umbandista. Entrevista com dona Maria da Conceição Pereira Amaro >>> Escrito por Lorena Almeida Gill, Lóren Nunes da Rocha, Marciele Agosta Vasconcellos, Micaele Irene Scheer

Resumo: Este texto tem como objetivo apresentar a entrevista com a benzedeira de religião Dona Maria Amaro, realizada em sua casa, no dia 13 de dezembro de 2009. Pelotense de 71 anos, sempre conciliou o trabalho de dona do lar com as práticas da religião espírita umbandista (...) Desde o ano de 2009, o Núcleo de Documentação Histórica da UFPel realiza a pesquisa “À beira da extinção: memórias de trabalhadores, cujos ofícios estão em vias de desaparecer”. Este estudo investiga os ofícios que tendem a desaparecer, por uma transformação substancial no mundo do trabalho, que vem se dando paulatinamente, embora em processo contínuo, através, sobretudo, das inovações tecnológicas. Embora o ato de benzer não possa ser considerado como um ofício propriamente dito, mas sim como uma forma de cuidado, foram realizadas entrevistas com benzedeiros e benzedeiras em Pelotas, Jaguarão e São Lourenço do Sul, cidades localizadas na região sul do Estado do Rio Grande do Sul - Brasil. A metodologia usada foi a que se convencionou chamar de história oral temática, ou seja, foram construídas narrativas com trabalhadores tendo como foco de análise o ofício que praticaram durante toda a vida ou em boa parte dela ou ainda sobre o universo mágico no qual estavam inseridos, como no caso dos benzedores em específico. >>> Leia mais, clique aqui.


Nenhum comentário:

Postar um comentário