Pesquisar este blog

Nosso Blog é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox.

Total de visualizações de página

Translate

Follow by Email

Seguidores

domingo, 10 de abril de 2011

Práticas religiosas afro-brasileiras, marco regulatório e uso do meio ambiente e do espaço urbano na cidade do Rio de Janeiro

Revista Visões 5ª Edição, Nº5, Volume 1 - Jul/Dez 2008

Práticas religiosas afro-brasileiras, marco regulatório e uso do meio ambiente e do espaço urbano na cidade do Rio de Janeiro

Ramon Fiori Fernandes Sobreira (UERJ e Centro Universitário Celso Lisboa)

CARLOS JOSÉ SALDANHA MACHADO (UERJ e Fundação Oswaldo Cruz)

RESUMO: O presente artigo objetiva contribuir para uma interlocução entre as lideranças religiosas afro-brasileiras na cidade do Rio de Janeiro e os gestores da administração ambiental local, através da formulação de ações de educação ambiental cooperativa que conduzam a uma desconstrução da marginalização daquelas religiões e à preservação do valor cultural agregado àquelas práticas. Trata-se de demonstrar que o surgimento de uma ética ambiental nas comunidades religiosas afro-brasileiras está integrado a um processo social de engajamento de diversos atores em ações de preservação ambiental. O reconhecimento da emergência desta ética ambiental nas religiões afro-brasileiras facilitará o planejamento de ações de educação ambiental em relação às oferendas rituais inerentes a estas religiões, consideradas ambientalmente lesivas pelas autoridades ambientais. Concluí-se afirmando que essas ações não devem ser impostas, mas coordenadas pelas próprias comunidades religiosas, por organizações não governamentais, por instituições de ensino e pelas agências públicas de polícia ambiental.

Palavras-chave: Práticas religiosas afro-brasileiras; Ética ambiental; Socioambientalismo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário