Pesquisar este blog

Nosso Blog é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox.

Total de visualizações de página

Translate

Follow by Email

Seguidores

quarta-feira, 17 de março de 2010

Na Aumbanda, no Cristianismo, na Índia, no Egito e no Ocidente contemporâneo, a mulher e a sua participação fundamental no caminhar da humanidade

Clara Palavra – Informativo da Casa Francisco de Assis – outubro de 2007, Rio de Janeiro, RJ.


Na Aumbanda, no Cristianismo, na Índia, no Egito e no Ocidente contemporâneo, a mulher e a sua participação fundamental no caminhar da humanidade (páginas 4 e 5): Nos primórdios a figura feminina era muito mais valorizada do que agora. Através dos tempos essa figura ficou delegada ao segundo plano. Os livros mais antigos nos dão noticias de Deusas-Mães; Deusas que eram a face feminina de Deus, que era considerado Pai e Mãe do Universo. A Ideação Cósmica, ou Maternidade Cósmica onde Deus se apresenta como Pai e Mãe do Universo, é aceita em vários livros religiosos, e em várias partes do mundo, como Índia, Egito e na Aumbanda Esotérica pesquisada por Helena Blavatsky, autora do livro “Doutrina Secreta”. Na Aumbanda Esotérica onde os conhecimentos são trazidos dos livros de Dzyan, ainda desconhecido para muitos, essa trilogia não só é aceita como cultuada como a Maternidade Cósmica, geradora da vida em todo o Cosmo. O Pai - o agente gerador; o Espírito Santo (ou Forhat), o agente Criador, que cria desde as mais ínfimas moléculas até os astros; a Energia Virgem – que é fecundada por Fohat ou Espírito Santo - a Mãe, que gera o Filho, que é todo o Universo manifestado. >>> Leia mais, clique aqui (pp.4-5).


Nenhum comentário:

Postar um comentário